Mashups

Sempre achei que mashup era um termo supervalorizado e nunca dei muita bola. “OK, a Web 2.0 existe, mas, em termos de tecnologia para desenvolvimento, é só AJAX e Web Services. Trivial.” Tinha uma certa razão, mas creio que subestimei a vontade das pessoas de inovar, ganhar dinheiro ou simplesmente pirar o cabeção. Esses dias, cruzei (só maneira de falar) com um site chamado programmable web. Mostra que existe muita coisa legal pronta, muitos serviços disponíveis a serem estendidos e integrados. Há listagens de serviços (ou “APIs”) e quais são os mashups que os utilizam, listagens por categoria, popularidade etc. Um recurso interessante é a Mashup Matrix, que ilustra cruzamentos (um tema recorrente) entre os serviços, e quais os mashups os integram.

A repulsa por modismos tem que ser domada às vezes. Assim como a preguiça: tomei vergonha e mandei consertar o pneu do meu carro, que murchava a cada três dias.

Esta entrada foi publicada em etc. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Uma resposta a Mashups

  1. Manus disse:

    Muito legal esse tal de mashup. Gostei de ver o site earthalbum.

Deixe uma resposta