2012 – o espírito de uma era

Eu não sabia, mas há tempos o Google faz uma retrospectiva anual dos trending topics de diversas buscas, que podem ser consultadas pelo universo MUNDO ou filtradas entre 56 países (ignoro qual o critério para exibição dessa lista, mas deixo registrado meu protesto, já que queria muito conhecer os resultados relacionados ao Butão). É o Google Zeitgeist – lindo vocábulo alemão que eu não conhecia e que significa “o espírito de uma era”. Demais. A partir de agora usarei a palavra diariamente, ainda que descontextualizada.

Feitos os imprescindíveis reconhecimentos à minha ignorância, vamos aos fatos. Visito esse site diariamente desde o dia em que foi publicado, 12 de dezembro. Cada mergulho é um flash: é apenas IMPRESSIONANTE o quanto dá pra elucubrar a respeito dos resultados das buscas feitas no Brasil ou no mundo. Gente é um negócio surpreendente demais, para o bem e para o mal. Alguns dados me dão raiva, outros me dão dó, e ainda há os que me fazem sentir orgulho ou, ao menos, esperança. (des)Organizei uma amostra deles, pra podermos exercitar nossa perplexidade em dupla.

Selecionei duas categorias de buscas: a clássica “how to” e a sempre decepcionante “TV shows” em três países: Brasil, Quênia e Suécia. Infelizmente algumas comparações serão feitas entre os mais procurados durante o período e os que percentualmente mais cresceram quando comparados a 2011.  Começaremos com “how to”:

como Na Suécia, o pessoal está preocupado com:

1. imposto relacionado a automóvel
2. dizer “como” em inglês (?!)
3. como funciona o Instagram (acho cabível, depois que me perguntaram olhando nos meus olhos qual a diferença entre Instagram e Pinterest – poupa a vergonha, Google tá aí pra isso)
4. por quanto tempo permanecem gravados seus registros criminais
5. como um jovem deve se lavar (não me aprofundei no tema)
6. quantidade de álcool (tolerável, I suppose)

Chocada; ninguém pensando em sexo na Escandinávia. Pirâmide etária x desenvolvimento?

No Quênia, galera quer saber:

1.  como abortar
2. como derrapar
3. como fazer (hmm)
4. como conceber
5. como estudar
6. como seduzir

Perplexa; geral pensando em sexo ou suas consequências no Quênia. Pirâmide etária x desenvolvimento?

No Brasil, é isso aí. Ninguém pensando em sexo (o que derruba minha teoria não formulada sobre a pirâmide etária), mas todo mundo PELOAMORDEDEUS querendo saber como faz pra votar nulo. No mais, geral preocupado com as cagadas produzidas por si mesmo (item 1) ou por terceiros (item 6) no Facebook. Estamos de olho.

TV SHOWS

tv

Nem pesquisei, nem precisei de Babel Fish. Taí o tapa na cara da sociedade: você aqui, os nórdicos da Suécia e o pessoal da Africa – todos numa pessoa só, assistindo Big Brother. Qual é a mágica mesmerizadora da fórmula 15 desconhecidos enjaulados durante semanas + baixaria/ignorância + muitas câmeras online? Qual é o interesse genuíno, de onde vem o encanto? Por que eu não gosto? Fico de cara, às vezes me sinto excluída ou meio bocó por não estar curtindo essa onda que passa por aqui todo janeiro. Devo assistir o próximo? E a pia de louça suja, como lidar?

patrickDrama.

Esta entrada foi publicada em etc. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta