DVDs encriptados no Mandriva

Depois de alguma pesquisa, consegui tocar DVDs encriptados no Mandriva. O problema era a falta da versão certa da biblioteca libdvdcss. Ontem, eu tinha baixado o RPM diretamente do site da biblioteca, mas não chegou a funcionar. Apesar da biblioteca ser encontrada, na hora de tocar a faixa principal, o processo abortava com erros bizarros, como “libdvdread: CHECK_VALUE failed in ifo_read.c” ou “Mirror of Title set 1 faild” [sic].

Hoje, descobri como adicionar fontes alternativas ao gerenciador de RPMs do Mandriva. Na verdade, adicionar é fácil, o mais importante é qual fonte adicionar. Provavelmente, a mais interessante é a Penguin Liberation Front (PLF). A PLF encarrega-se de distribuir os pacotes que normalmente não podem ser incluídos nas distros Linux por alguma questão legal, de copyright, de privacidade ou algo assim. Não é algo ilegal, dado que grande parte desses problemas são específicos para algum país. Acredite em mim, são pacotes muito necessários.

Após adicionar a fonte PLT e JPackage (apesar de ainda não ter me ambientadoo com a idéia de instalar pacotes Java por RPM), instalei a versão correta da libdvdcss e, tadã, o DVD foi reproduzido numa boa. Muitas vezes pensamos no software reprodutor (player). Antes de solucionar o problema, instalei Kaffeine, Xine, Helix, mas nada, todos dão o mesmo erro, pois usam as mesmas bibliotecas. Até o dvdbackup abortava no momento da extração. Agora, depois dos pacotes instalados corretamente, apresenta-se uma vantagem GNU/Linux: não preciso usar cracks, programas piratas ou comerciais, e posso tocar DVDs de qualquer região quantas vezes quiser.

Usando fonte PLT, pode-se encontrar também pacotes como o (X)DVDShrink, similar ao homônimo para Windows, um utilitário para fazer backups de DVDs. Estou testando agora, depoimentos mais tarde.

Esta entrada foi publicada em etc. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta