Cedilha no Kubuntu, ainda

Há um bug cadastrado no launchpad do Ubuntu sobre este problema. O negócio é que a distribuição por padrão não funciona para quem escreve em português brasileiro e tem um teclado QWERTY normal (US-International). É necessário xunxar aqueles arquivos no /etc para conseguir escrever naturalmente com cedilhas, ou usar atalhos esdrúxulos.

Com certeza, isso tem um impacto ruim na adoção do Ubuntu, ou mesmo do Linux, para usuários brasileiros, pois muitos dos teclados aqui não são ABNT ou ABNT2. O sujeito instala o Ubuntu/Kubuntu e não consegue fazer o diabo de uma cedilha no OpenOffice.

Um cara chamado cenoura descreveu a solução completa, que adapto e traduzo aqui:

  1. Edite o arquivo /usr/share/X11/locale/en_US.UTF-8/Compose 1
  2. Substitua todas as ocorrências de ć por ç, tanto maiúsculas como minúsculas.
  3. Edite o arquivo /etc/gtk-2.0/gtk.immodules 2
  4. Encontre a linha começando com cedilha e coloque “en” na lista.
    “cedilla” “Cedilla” “gtk+” “/usr/share/locale” \
    “az:ca:co:en:fr:gv:oc:pt:sq:tr:wa”

1 Verifique se este é o locale que você está usando: echo $LANG.
2 Dependendo da sua distro ou versão, o diretório desse arquivo pode mudar um pouco, mas deve estar lá (find /etc -name \*immodules\*).

Atualizações do X ou do GTK costumam estragar sua configuração. É só fazer de novo. E torcer para que abram uma eleição em que possamos votar para a correção deste bug.

Esta entrada foi publicada em etc. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

10 respostas a Cedilha no Kubuntu, ainda

  1. Umberto disse:

    GoXtei! Funfou direitinho! Sê abençoado por sua procura incessante sobre cedilha!

    Abraço lá!

  2. Ufa, ainda bem que não fiz um upgrade para esta versão. Vou fazer upgrade apenas em outubro. Obrigado pela dica.

  3. joao disse:

    Hmmm, lembrando: depois de modificar os arquivos, é necessário restartar o X (Ctrl+Alt+Backspace ou Logoff/Login).

  4. Eduardo disse:

    Por essas e outras o Linux não deu certo no desktop, vc arruma uma coisa (ok, milhares de coisas) e qqr atualização estraga pelo menos 50% das configurações feitas.

    Imagina pra um usuário leigo……. no way.

  5. Umberto disse:

    Presidente bravo!

  6. Bruno disse:

    Velho, infelizmente ainda tem que fazer boas rezas pra coisas exdrúxulas no Linux, experimente ter que conectar numa vpn windows ou pegar o postgres e dar um create table “johnwoo” e depois select * from johnwoo.

    Ele simplesmente cria a tabela COM as aspas duplas, são essas bizarrices que queimam o software livre.

  7. Pablo disse:

    Poize, velho. Faz muito tempo fui atras pra saber a origem do problema que me incomodava (e ainda me incomoda) particularmente pois uso teclado sem acentuação, e, bem, a origem do problema eh, errr… o velho Stallman. Ele disse que a merda esta no @#$%^ brasileiro que definiu o mapa de carateres errado e fez com que o teclado gerase o codigo que na verdade corresponde ao `c (usado aparentemente no françes). O pior e que eu conheci o #$%^& do brasileiro que fez o cocô, razão pela qual tivemos o ABNT e posteriormente o ABNT2 (pode? um pais que define dois mapeamentos porque o primeiro era uma zona?). Assim, soh desta vez, a culpa nao eh do Linux, que comete apenas o unico pecado de seguir a norma a risca (enquanto windows se lixa nela).
    Vou procurar os links originais e postar…[]s.

  8. Mauricio disse:

    PessoALL,
    No Kubuntu 8.10, ao inves de “etc/gtk-2.0/gtk.immodules” é o “usr/lib/gtk-2.0/2.10.0/immodule-files.d/libgtk2.0-0.immodules”
    AbraÇos

  9. Thiago Coutinho disse:

    Um obs: no Ubuntu 9.04 está no arquivo /usr/lib/gtk-2.0/2.10.0/immodule-files.d/libgtk2.0-0.immodules .

    Falow!

  10. Claudinei disse:

    Pra mim no Kubuntu 10 pra frente só funciona assim:
    No terminal digitar:

    sudo im-switch
    selecionar /etc/X11/xinit/xinput.d/default-xim 0 modo manual

    Reiniciar

Deixe uma resposta