BitTorrent para leigos

BitTorrent é uma ótima ferramenta para compartilhamento de arquivos, mas vejo pouca disseminação, talvez devido ao fato de não ser uma tecnologia plug-and-play. Coloquei aí alguns passos para você que ainda não adotou. Se não sabe o que é BitTorrent, ainda usa Kazaa, eMule ou Napster, este post é para você mesmo. Não tenha preguiça e execute os seguintes passos:

  1. Vá até este site, baixe e instale o Azureus. Trata-se do programa que vai baixar seus arquivos. Para executá-lo, é preciso ter uma JRE (Java Runtime Environment). Há instruções na página.
  2. Depois vá até algum site de busca de arquivos torrents (uma boa lista aqui), faça uma pesquisa e abra o arquivo .torrent com seu Azureus. Há diversos gostos e sabores de sites de busca.

É raríssimo encontrar vírus em arquivos vindos de torrents, pois o mecanismo de compartilhamento (publicação) é mais eficiente e controlado, o que seleciona naturalmente a qualidade dos arquivos. A tendência é que se encontre arquivos grandes (álbuns, filmes etc) ao invés de, por exemplo, músicas soltas. O protocolo de transferência é bastante avançado, otimizando bastante a troca de partes de arquivos entre os peers. Em caso de arquivos populares (aqueles que bastante gente tem), chego a alcançar taxa de download contínua de 240 kbps (limitado pela minha banda).

BitTorrent não é o nome do programa, mas do mecanismo de publicação dos arquivos. Há vários programas (clientes) que suportam este protocolo, inclusive o novo beta do browser Opera. Dos clientes que conheço, o Azureus me parece o mais maduro e configurável. Inclusive, ganhou o prêmio principal de Software de Código-aberto 2006 do Sourceforge.

Esta entrada foi publicada em etc. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

2 respostas a BitTorrent para leigos

  1. Manus disse:

    Sua propaganda é tentadora :)
    Sempre usei o eDonkey e agora também o BCDC++ que já tem uma comunidade razoável no Brasil.
    Nunca parei pra pensar sobre a eficiência dos p2p’s de forma que perguto: já fez algum ‘benchmark’ entre estes três ou recomenda algum sitio?

  2. joao disse:

    Nunca fiz um benchmark. Há coisas legais como, por exemplo, baixar uma temporada inteira de um seriado em um .RAR e poder dar prioridade para os primeiros episódios ou dizer para não baixar os que já assisti, tudo isso já no começo do download. ;-) Outra coisa legal é um plugin que lê RSS dos sites de torrents e começar a baixar automaticamente quando encontra algum match que você configurou. Útil para ficar sabendo e baixar logo coisas que estão rolando em real time.

Deixe uma resposta