Corporate IT

É preciso amar o mundo de TI no ambiente corporativo. Olha essa descrição do produto IBM Connections, sobre como dizer muito sem dizer nada:

  • Track the activity of your network and respond more quickly using the embedded experience within the activity stream.
  • Bring external applications and content into the activity stream to respond in context, saving time and reducing context switching.
  • Track and respond to the activities of community members using the community-centric activity stream and embedded experience.
  • Quickly bring content from external sites and related communities into your community for faster response and better customer service.
  • Develop insights into community adoption and usage with new standard and customizable metrics and graphical reports.
  • Receive relevant recommendations on people and content using social analytics that now also utilize status updates and microblogging content.
  • Use hashtags to follow important topics and “Like” updates with a single click.
  • Schedule team events and incorporate into a personal calendar using a new community calendar.

Se você não sabe o que é o IBM Connections, não se acanhe. Parece que a Big Blue não quer que você saiba. Se você for ao site da IBM, é exatamente essa descrição acima que você verá. Na verdade, acho que eles evitam palavras mais específicas na descrição com o objetivo de ampliar sua percepção do software. Acho que alguém poderia fazer um gerador de descrições de software da IBM.

Na Wikipédia, tem algo mais palatável:

IBM Connections is a Web 2.0 social software application developed by IBM. The goal of IBM Connections is to empower companies to be more innovative and help them execute more quickly by using dynamic networks of co-workers, partners and customers. It provides social networking tools for businesses to use to bring together people through online tools.

Meetings

Falando em geradores de lero-lero, veja também o Web Economy Bullshit Generator. Com um clique do mouse, você consegue ótimos trios verbo-adjetivo-substantivo para usar na descrição de seus produtos. Fiz aqui alguns para exemplificar:

  • orchestrate leading-edge systems
  • drive strategic infrastructures
  • target value-added portals
  • deliver best-of-breed models
  • disintermediate virtual applications

Acho que o Web Economy Bullshit Generator está um pouco desatualizado. Se adicionarmos alguns temos relacionados a Facebook e social media em geral, podemos chegar a algo viral. Alguém se dispõe a fazer as listas? Posso fazer o site e ficaremos ricos vendendo banners do Adwords sobre como ficar rico com Adwords.

* cartoon by andertoons

Esta entrada foi publicada em etc. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Uma resposta a Corporate IT

  1. Stival disse:

    Muito bom. Pode até ser que seja proposital, para “aumentar a percepção do software”, como está no texto, ou seja lá como for…
    (e até acredito que seja um ‘efeito’ consciente neste caso…)
    Mas parece um vício que, chuto, deve ser mais comum em pessoas visuais, de imaginar um objeto, um modelo ‘holográfico’, e tecer comentários ao redor deste objeto, como se o interlocutor estivesse compartilhando da mesma imagem.
    As frases acabam ficando sem sentido, ou apenas tocam a superfície do que está sendo comunicado – uma vez que boa parte acabou ficando lá na visão ‘holográfica’ que ninguém mais vê.
    Tudo isso para dizer que: Parece que alguém escreveu isso olhando para algo que nós não vemos… :-)
    Talvez a descrição seja só para quem já viu o software. Ou ainda, podia haver uma campanha assim: compre o software e entenda a descrição.

Deixe uma resposta